FERVURA / COCÇÃO

Um modo muito utilizado para tratamento de bambu é ferver o bambu em água. Aconselham-se períodos de 15 a 60 minutos para cada grupo. Os fornecedores de bambu da região serrana do Rio de Janeiro costumam passar um pano molhado de óleo diesel no bambu antes de ferver. A soda cáustica é outra forma recomendada de tratamento, e deve-se misturar à água na proporção de 10 (água) para 1 (soda cáustica), mantendo o tempo de cocção de aproximadamente 15 minutos.

TRATAMENTO QUÍMICO

O ácido bórico é o elemento mais utilizado no tratamento químico de bambu. Pode-se utilizar um produto pronto (como o BORAX) ou preparar uma solução, como a sugerida por Johan Van Lengen:

substância
Kg
sulfato de cobre
1
ácido bórico
3
cloreto de zinco
5
dicromato de sódio
6

"Manual do arquiteto descalço" pg.356 -
Johan Van Lengen - Tibá


Para banhar os troncos na solução pode-se construir uma banheira com barris de ferro cortados ao meio e soldados, como na sugestão mais uma vez de Johan Van Lengen:


banheira de barril de ferro pg. 356- Johan Van Lengen -
"Manual do Aruiteto Descalço" - Ed. Tibá

Esta banheira pode ser adaptada para cozinhar os bambus, se afastada do chão para queimar lenha.


paginas     1 I 2 I 3 I 4

Info I Grupo I Produtos


Conteúdo desenvolvido: Raphael Moras de Vasconcellos- Rio de Janeiro / BRASIL
contato:
produzido por : COMDESIGN